Vacina contra HPV

A vacina contra HPV passa a fazer parte do esquema básico de vacinação, e será oferecida pelo SUS.
A vacina contra o vírus HPV, um dos principais causadores do câncer do colo de útero, estará disponível para meninas entre 11 e 13 anos a partir do próximo dia 10 de março.
As vacinas contra o HPV devem ser dadas em uma série de 2 a 3 injeções ao longo de 6 meses para a proteção contra infecções pelo HPV. A recomendação é que a segunda dose, quando prescrita, seja dada entre um a dois meses depois da primeira, e que a terceira dose seja dada em um prazo de seis meses da primeira.
Existem duas vacinas no Mercado, a Cervarix e a Gardasil, que protegem contra o câncer de colo uterino. Um vacina, a Gardasil, também protege contra verrugas genitais e câncer do ânus, vagina e vulva. Ambas as vacinas estão disponíveis para as mulheres, mas apenas a Gardasil é recomendada para homens.
A melhor proteção ocorre quando meninos e meninas recebem as três doses e desenvolvem uma resposta imune muito tempo antes de iniciar a atividade sexual. Por esse motivo, a vacinação é recomendada para meninos e meninas de 11 a 12 anos. A produção de anticorpos também é maior quando a vacina é dada nessa idade.
A vacina é também recomendada para adolescentes e jovens adultos que não foram vacinados, até os 26 anos para mulheres e 21 anos para os homens.
Vale notar que mulheres adultas ainda necessitam fazer os exames preventivos do câncer de colo de útero, mesmo se receberam o esquema de vacinação completo.